segunda-feira, 21 de março de 2011

DRENAGEM LINFÁTICA PÓS CIRÚRGICA


Drenagem linfática é uma técnica de massagem que se caracteriza por manobras suaves e precisas por todo o corpo.


É totalmente INDOLOR. Se você faz algum tipo de massagem e sente dor é porque não é uma drenagem linfática e ela não terá o efeito da drenagem.


Inicia-se com o bombeamento dos gânglios linfáticos para desobstruí-los. Algumas pessoas podem sentir algum desconforto durante essa manobra, principalmente se os gânglios estiverem “infartados” (ou inflamados).


Em seguida, realizam-se as manobras suavemente percorrendo todo o caminho da linfa até os gânglios que funcionarão como se fossem um "ralinho", onde a linfa é filtrada.


A estimulação desta circulação propicia a distribuição de líquidos e estimula a diurese pelos rins. Com o estímulo renal ocorre um aumento da metabolização de substâncias e com isso a eliminação de toxinas do organismo através dos gânglios linfáticos..


Por outro lado, a circulação linfática também pode distribuir pelo corpo alguns agentes infecciosos como os vírus, bactérias e fungos, e, também algumas células cancerígenas.


Assim sendo, pessoas que apresentem processos infecciosos e qualquer tipo de câncer estão contra-indicadas a fazer sessões de drenagem linfática.


A presença de varizes severas, problemas renais e história de trombose ou tromboembolismo também são contra-indicações.


O procedimento da Drenagem Linfática pós operatória principalmente pós cirurgia plástica é tão importante quanto à cirurgia propriamente dita, pois ela ajuda em uma recuperação mais rápida do paciente.


A técnica da Drenagem Linfática, evita que se acumulem líquidos no organismo, pois ela distribui o excesso para os gânglios linfáticos diminuindo o inchaço na região operada e melhorando assim os hematomas.
 A linfa é também responsável pelo sistema imunológico, portanto, com o procedimento da Drenagem Linfática o sistema imunológico é fortalecido.


Para que a sua cirurgia tenha resultados satisfatórios é interessante associar à drenagem o hábito de beber bastante água, pois as toxinas são eliminadas pela urina; ter uma alimentação saudável, evitar álcool, frituras, gorduras e sal em excesso, e por fim, seguir sempre as orientações do seu médico.


Eliana Cezar
Massoterapeuta e Esteticista



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.