terça-feira, 26 de abril de 2011

PEDIATRAS


Essa semana vários colegas postaram a sua posição frente a reportagem sobre a falta de pediatras no País.

Infelizmente o que está acontecendo não só com os pediatras, mas com toda a classe médica em geral é a falta de respeito pela profissão e o abuso, principalmente dos Planos de Saúde.

O profissional é obrigado a trabalhar várias horas por dia para receber um ínfimo salário que mal dá para pagar as contas no fim do mês.

E o pior de tudo é que somos obrigados a atender vários pacientes num espaço pequeno de tempo, pois ganhamos por quantidade de pacientes atendidos. Isso é o que as operadoras de plano de Saude chamam de "produção".

Vocês já se perguntaram porque os atendimentos nos médicos de convênios estão cada vez piores? Já tentou agendar uma consulta de última hora?

Sinto em lhes dizer, mas enquanto essa "máfia" das seguradoras persistir a qualidade do atendimento médico tende a ser cada vez pior.

Os médicos estão trabalhando insatisfeitos, pois após terem estudado muito, ganham pouco, muitas vezes são tratados com falta de respeito pelos próprios pacientes que reclamam da demora no atendimento e principalmente da qualidade.

Agora lhes pergunto: Como um ginecologista consegue atender uma paciente em 12 minutos? Sendo que a paciente tem de ser interrogada, avaliada, examinada e dada a conduta nesse intervalo de tempo?

Não estou inventando....

Já trabalhei com operadoras de saúde e esse era o tempo fornecido ao médico para atender seus pacientes...e ainda tem mais: Se esse profissional conseguir fazer um "encaixe" nesse período ainda ganhava um bônus na remuneração (de 1% ao mês).

Me desculpem a indignação, mas além de médica sou também paciente e também não concordo com a situação em que a nossa saúde se encontra.

Temos de nos unir para tentar fazer desse País melhor e se todos se expressarem só assim conseguiremos a cura dessa "doença".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.